Levanta e anda!

Bolsonaro operou um milagre: ressuscitou o PT.

A prova – prontinha para ser apresentada ao Vaticano – foi termos ontem, no Jornal Nacional, o Zeduardo Cardozo (lembram dele? poizé, o próprio) dando lições de como deve se comportar um ministro da Justiça.

Logo depois (ou pouco antes, não me lembro agora), veio um longo discurso, praticamente cinco minutos de horário eleitoral gratuito, de uma deputada do PSOL, dizendo coisas lógicas e lúcidas.

Quando um discurso do PSOL soa lógico e/ou lúcido é porque deu um tilt na Matrix.

Quais eram as chances de os petistas e os não-sou-petista-mas se rearticularem e voltarem à cena política sem fazer nenhuma autocrítica, nenhum errei-sim-manchei-o-teu-nome dirigido à esquerda, nenhum mea culpa – ou, pelo menos, um foi-mal-aê – dirigido ao país? -273,15º Celsius, zero absoluto. E no entanto…

Neste ritmo, logo teremos José Dirceu no Roda Viva defendendo a ética na política. Lulinha dando côutchim de comportamento para filhos de presidente. Gleisi e Maria do Rosário ministrando na Socila curso de etiqueta para militância feminina. O povo que acampava em frente à PF de Curitiba fazendo uorquixope de civilidade para o povo que acampa no curralzinho montado em frente ao Palácio da Alvorada.

Adriana Ancelmo fará laives com dicas de campláiãs para primeiras-damas do Rio de Janeiro. E Lula e Dilma, em pessoa, explanarão sobre os limites da eficácia de palavrões, perdigotos, ameaças e murros na mesa como técnicas de persuasão e oratória.

O PT, que já tinha cogitado de tirar o vermelho da sua bandeira, pode ser mais sutil e apenas trocar a estrelinha branca por uma fênix.

Mais um milagre desses e Bolsonaro se habilitará a ser canonizado em vida.  

P.S. Aproveito para propor a substituição do hino nacional por um samba canção do Lupicínio:

“Foi assim
Troquei essa pessoa que eu morava
Por essa criatura que eu julgava
Pudesse compreender todo meu eu
Mas no fim
Fiquei na mesma coisa em que estava
Porque a criatura que eu sonhava
Não faz aquilo que me prometeu
(…)
Se deixo de alguém
Por falta de carinho
Por brigas e outras coisas mais
Quem aparece no meu caminho
Tem os defeitos iguais.”

3 comentários em “Levanta e anda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s