A cabala da justiça

Numeros

– Excelência, temos que ter máxima cautela na dosimetria desta pena.
– Sempre tivemos.
– Mas neste caso devemos considerar a jurisprudência da numerologia subjetiva.
– Quem?
– É um conceito novo, uma tradição criada desde que o réu foi condenado a 9 anos em função do seu número de dedos.
– Mas se réus fossem condenados em função do número de dedos, todo mundo pegaria 10 anos de prisão…
– Ou cinco, no caso dos manetas. Enfim. É uma tradição relativamente nova, mas que tem gerado muitas críticas ao Judiciário.
– Bem, temos a pena base de 12 anos…
– Doze não pode. Lembra dose de cachaça, e pode ser entendida como referência aos hábitos etílicos do réu.
– Treze…
– Sem chance. Ficaria evidente o ânimo persecutório desta Corte, porque é o número da sorte do réu.
– Catorze…
– 14 de novembro foi o Dia Nacional da Alfabetização. Vai soar como bullying contra a mãe dele, que nasceu analfabeta.
– Quinze pode?
– O Quinze é um livro da Rachel de Queiróz, que era amiga do Castello Branco, que foi o primeiro presidente depois do golpe.
– Dezesseis…
– É a nova maioridade penal proposta pela direita. Vai ficar evidente que queremos prendê-lo mais cedo ou mais tarde.
– Dezessete, então…
– … sem chance. É o número da besta.
– Não era 666?
– Era. Agora são o 17 e o 38. 17 x 38 = 646. Os 20 que faltam para 666 significam “vim te pegar”.
– E dezoito?
– Lembra a revolta dos 18 do Forte de Copacabana. Tentaram derrubar o presidente e foram derrotados.
– Não é melhor a gente fazer a dosimetria no sentido contrário? Que número eles aceitam sem inventar teorias conspiratórias?
– Zero.
– Mas aí o país inteiro vai achar que somos um zero à esquerda!
– Exatamente, Excelência. É essa a ideia.
– Bom, melhor aplicar a pena que a lei manda. Não vamos tirar do STF o gostinho de dar essa pena zero.
– O problema é que ele ainda é réu em outros sete processos, mais uma denúncia e um inquérito…
– O que dá nove…
– Sim, Excelência. A numerologia subjetiva nunca falha.

5 comentários em “A cabala da justiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s