Os prazeres e as dores da carne

carne

Confira a coluna de hoje n’O Globo:

Os prazeres e as dores da carne


 

“As pessoas sensíveis não são capazes/ De matar galinhas./ Porém são capazes/ De comer galinhas”, escreveu Sophia de Mello Breyner Andresen, poeta portuguesa.

Li esses versos aos 15 anos, e foi quando descobri que, em certos casos, a sensibilidade nos concede a graça de disfarçar um pouco a nossa hipocrisia. O que os olhos não veem o estômago não sente.

Já foi legal e moralmente aceitável que seres humanos (de qualquer etnia) fossem capturados e escravizados. Que prisioneiros fossem torturados e, eventualmente, executados. Que mulheres não tivessem direito a voz e voto, sujeitas à tutela do pai, do marido, do irmão, do filho. Vitória, Elizabeth I, Elizabeth II, Catarina,a Grande, seriam apenas notas de rodapé se tivessem irmãos do sexo masculino (a profissão “irmão de rainha” só foi inventada no século 20).

Outro dia, o Ricardo Rangel escreveu que o respeito aos direitos humanos, a igualdade entre os sexos, a preservação do meio-ambiente e a luta contra o racismo são bandeiras suprapartidárias, civilizacionais. Eu incluiria aí os direitos dos animais – de todos os animais, não apenas os da espécie Homo sapiens.

Tudo começa pelo entendimento de que veganismo e vegetarianismo não são uma questão de dieta, mas de ética. Que tem menos a ver com consumo de carne e mais com a crueldade com que carne, leite, ovos e outros produtos de origem animal são obtidos.

Será uma longa batalha – mas quem disse que as outras foram breves?

Um comentário em “Os prazeres e as dores da carne

  • Também não como carne, mas vivo um eterno conflito. Alimento meus gatos com ração que tem carne entre seus ingredientes. Uso sapatos de couro. Eu me pergunto se é possível um mundo totalmente livre da exploração dos animais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s